Notícias

Alguns medicamentos, em determinadas circunstâncias, podem prejudicar a visão

Alguns medicamentos, em determinadas circunstâncias, podem prejudicar a visão
Problemas no olho nem sempre são causados por uma deficiência na visão, vários medicamentos podem afetar diretamente a saúde dos olhos. E os efeitos disso podem ser: olhos secos, sensibilidade à luz, visão desfocada e dificuldade para se adaptar ao passar de um ambiente escuro para outro muito iluminado.

Cada medicamento por ter um efeito diferente. Abaixo alguns exemplos: 
Pílula anticoncepcional – causam principalmente ressecamento dos olhos, a solução pode ser com lágrimas artificiais, ou então uma prescrição diferente de pílula. 
Antibióticos – ardência nos olhos e sensibilidade maior à luz são os sintomas. Mas no caso dos antibióticos, estes sintomas desaparecem quando o tratamento é concluído. 
Medicamentos para alergia – colírios antialérgicos geralmente contêm anti-histamínico e podem causar vermelhidão, ardência, olhos secos, visão desfocada, sensibilidade à luz e até mesmo lacrimejamento. 
Drogas antiarrítmicas – estes podem causas micro depósitos na superfície frontal da córnea, em casos raros isso pode provocar visão desfocada ou anéis coloridos em torno de focos de luz. Assim como os antibióticos, após o fim do tratamento tudo volta ao normal. 
Medicamento para pressão sanguínea elevada – um dos principais sintomas é também o ressecamento dos olhos, neste caso é importante falar com o médico, pois pode ser tratado com lágrimas artificiais. 
Analgésicos – componentes destes medicamentos podem, em alguns casos, provocar visão desfocada ou dupla. É possível optar por uma outra receita de analgésico diferente, com orientação do médico. 
Medicamentos que contêm cortisona – durante um tratamento com este tipo de medicamento, os olhos podem sofrer algumas, mudanças como o aumento da pressão interna. Podem também provocar um aumento na velocidade da formação da catarata. Porém, esses problemas só ocorrem em tratamentos de longos períodos. 
Lembrando que nenhum medicamento deve ser utilizado ou interrompido sem prescrição médica. 
Fonte: https://www.zeiss.com.br/corporate/home.html 

 

Voltar